ABERTAS AS CANDIDATURAS AO PRÉMIO CRIOESTAMINAL EM INVESTIGAÇÃO BIOMÉDICA
2016.10.10
A partir de hoje e até ao dia 16 de dezembro de 2016, decorre a fase de candidaturas à 9ª edição do Prémio Crioestaminal. O prémio, fruto de uma parceria entre a Crioestaminal e a Associação Viver A Ciência, visa apoiar jovens cientistas que pretendam realizar projetos pioneiros na área da Biomedicina, em Portugal.

banner1_animado

O prémio é dirigido a investigadores nacionais ou internacionais em início de carreira (detentores de doutoramento realizado entre 2006 e 2013, inclusive), que se proponham liderar um projeto autónomo numa instituição portuguesa. O prémio, que será avaliado por um júri internacional, tem o valor de 20.000 euros e os candidatos devem submeter as suas inscrições através do site www.viveraciencia.org.

Ao longo dos anos o Prémio Crioestaminal distinguiu projetos de investigadores como Sandra Macedo Ribeiro (2005) e Hélder Maiato (2006), ambos do Instituto de Biologia Molecular e Celular, no Porto; Mónica Dias, do Instituto Gulbenkian de Ciência (ICG) de Oeiras (2007); Lino Ferreira, do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra e do Biocant – Centro de Inovação e Biotecnologia (2008); Lars Jansen, do ICG (2009) e Luísa Figueiredo, do Instituto de Medicina Molecular (2010).

Para André Gomes, CEO da Crioestaminal, “Regressar ao Prémio Crioestaminal é muito gratificante porque, por um lado, é uma iniciativa que nos acompanha praticamente desde o início da nossa atividade e, por outro, sabemos que estamos a impulsionar a investigação científica em Portugal.”

Joana Barros da Associação Viver a Ciência destaca que “Este prémio é uma importante fonte de financiamento para uma fase particularmente crítica do percurso de um cientista, quando ele começa a liderar os seus primeiros projetos de Investigação. Os vencedores das edições anteriores, que vieram a seguir percursos do mais alto nível de excelência, demonstram o sucesso desta aposta nos novos talentos.”

Para mais informação contatar:
Renata Pinto / renata.pinto@float.pt / 96 882 61 76
Maria João Feliciano / maria.feliciano@float.pt / 96 725 41 36


Pode consultar o regulamento da 9ª Edição do Prémio Crioestaminal no website da Associação Viver a Ciência em: www.viveraciencia.org/premiocrioestaminal

Sobre a Associação Viver a Ciência (VAC):

A Associação Viver a Ciência trabalha para fortalecer a relação da Ciência com a Sociedade. através de ações que procuram apoiar e comunicar o conhecimento científico

As suas actividades incluem oficinas, exposições, livros e filmes premiados, que aliam a comunicação da ciência a outras formas de expressão culturais e artísticas, com o objectivo de fomentar a reflexão e o debate, e chegar a novos públicos.. A sua missão passa também por promover a diversidade no mundo científico, mostrando e realçando que os futuros investigadores podem estar em qualquer lado vindos dos contextos culturais e socioeconómicos mais diversos.

A VAC dedica-se também à angariação de fundos privados, junto de empresas e indivíduos, para apoiar o desenvolvimento de projetos científicos de excelência em Portugal.

Sobre a Crioestaminal:

Nascida em 2003 como o primeiro banco português de criopreservação de células estaminais, a Crioestaminal foi a primeira a ser reconhecida pela Direção-Geral da Saúde e a única acreditada pela AABB. Atualmente presente em Portugal, Espanha e Itália, assinala 13 anos de experiência e com mais de 70.000 amostras armazenadas.

Como missão quer aumentar as oportunidades de tratamento existentes e futuras com células estaminais, ao contribuir de forma ativa para a evolução da ciência na área da terapia celular.

Em 2007, foi realizado o primeiro transplante com células estaminais do cordão umbilical guardadas nos bancos da empresa a uma criança de 14 meses com imunodeficiência, que decorreu no IPO do Porto.

top

voltar
 
 
Subscrever Newsletter
http://www.pontoc.pt http://www.lookconcepts.p